Cada vez que a sony lança uma câmera mirrorless, a primeira coisa que queremos ver é o comportamento em baixas luzes, sobretudo porque o mercado dela é direcionado a quem não tem tempo de iluminar o ambiente da forma desejada e também não quer esperar com uma luz led na cara de quem está sendo filmado, como acontecia antigamente, que parecia que vinha um trem contra a pessoa e ela fazia aquela cara de quem acabou de ficar cego.

Para responder a esta pergunta o  fotógrafo e cineasta Max Yuryev fez um teste de baixas luzes (imagem fixa que é completamente diferente de imagem em movimento e que ninguém faz…) onde compara a A7III com a A7RIII, A6500 e Panasonic GH5


Os resultados são surpreendentes e lamento não ter colocado a A7sII ai em vez da A7rIII, de qualquer forma os resultados são muito bom em imagem fixa e noto que antes de a imagem ficar granolada aparece o efeito plastico , que é um efeito das câmeras digitais e celulares, que faz limpar a imagem so que ela faz todo parecer de plástico sobretudo a pele. Uma marca que usa muito isso para não aparecer grão na imagem é a samsung.

 

A conclusão que tiramos do vídeo é que esta câmera bem mais barata que a A7RIII e que a A7sII tem um ótimo desempenho em baixas luzes e tem outras vantagens em relação as duas como sistema de foco da A9 , que é bem melhor que da A7rIII ou a6500 e tem a nova bateria que tem 2 ou 3 vezes mais duração que a da A7SII / 6500 /6300

Confira o teste:

teste de foco