[:pb]Muitas pessoas não realizam o seu filme porque lhes falta dinheiro para a história que querem contar. Muitas vezes o problema não está no dinheiro e sim na capacidade de observar e contar histórias com o que tem à sua volta.
Hoje me encantei com este curta metragem ‘Emmeline’, estilo comédia-romântica, dirigido e escrito por Daniela Pasquini e Jasmine Woodcock-Stewart, gravado num fim de semana com orçamento ZERO.
A história é clássica, ao estilo conto de fadas e muito bem contada, a fotografia e trilha sonora estão magnificas.

Festivais em que participou:
Vencedor do: Shooting People’s TOP 3, Film do Mês, Novembro de 2012
Nomeado para: ‘Best Fiction, 19-25yrs’ no festival BFI FUTURE FILM FESTIVAL, 2013
Participação no: NEW YORK INTERNATIONAL’S CHILDREN FILM FEST, 2013
Participação no: SOUL FOR REEL FILM FESTIVAL, USA, 2013

Roteiro e Direção: Daniela Pasquini e Jasmine Woodcock-Stewart
Direção de fotografia e edição:Alex Pasquini

Cameras: Canon 5d Mk3 e 60D em algumas cenas.
Edição e finalização: Final Cut Pro X
Captação de áudio: Zoom H4n (90% do áudio foi gravado na pós)

 [:en]300bannerSiteMuitas pessoas não realizam o seu filme porque lhes falta dinheiro para a história que querem contar. Muitas vezes o problema não está no dinheiro e sim na capacidade de observar e contar histórias com o que tem à sua volta.
Hoje me encantei com este curta metragem ‘Emmeline’, estilo comédia-romântica, dirigido e escrito por Daniela Pasquini e Jasmine Woodcock-Stewart, gravado num fim de semana com orçamento ZERO.
A história é clássica, ao estilo conto de fadas e muito bem contada, a fotografia e trilha sonora estão magnificas.

Festivais em que participou:
Vencedor do: Shooting People’s TOP 3, Film do Mês, Novembro de 2012
Nomeado para: ‘Best Fiction, 19-25yrs’ no festival BFI FUTURE FILM FESTIVAL, 2013
Participação no: NEW YORK INTERNATIONAL’S CHILDREN FILM FEST, 2013
Participação no: SOUL FOR REEL FILM FESTIVAL, USA, 2013

Roteiro e Direção: Daniela Pasquini e Jasmine Woodcock-Stewart
Direção de fotografia e edição:Alex Pasquini

Cameras: Canon 5d Mk3 e 60D em algumas cenas.
Edição e finalização: Final Cut Pro X
Captação de áudio: Zoom H4n (90% do áudio foi gravado na pós)

 [:]

20 COMENTÁRIOS

  1. custo zero la. Vai conseguir a mesma qualidade com uma P100 e uma D3100… obviamente, a essencia the historia seria boa de qualuqer maneira,(ainda que seja inevitavel nao lembrar de Amelie) mas vamos admitir, o equipamento é 50% do sucesso (e 100% tecnico) do curta. Ou seja, custo zero se nao contarmos com os preços das duas “pequenas” cameras usadas ( e sabe la quantas lentes diferentes), o zoom H4, e, arriscando, ser o magic bullet para a fotografia… Otima fotografia e trilha (ainda que francesa em uma inglaterra).

  2. Custo Zero? Quanto custou uma Mark III e uma 60d? Quanto vale as Lentes? Quanto vale o Zoom H4N? Quanto vale a alimentação da Equipe? quanto vale o deslocamento da equipe e de equipamentos? Custo Zero? Tem certeza disso? Nada é custo zero. Sempre temos que tirar algo do nosso próprio bolso para puder fazer essa magia toda que chamamos de filme,ou vídeo, ou cinema . Vi que você colocou entre aspas o “zero”, ams troque essa termologia por BAIXO CUSTO . Abraços

    • portella1311 o custo zero foi escrito pela diretora/produtora do filme, apenas traduzi a conversa que tive com ela e esse é o termos que usamos quando não temos de gastar dinheiro para fazer. Por exemplo até para publicar o vídeo se gasta dinheiro pois voce tem de entar no site escrever e poderia estar fazendo alguma coisa para a qual seria pago

  3. Quando ele disse “Custo zero”, acho que ele quer dizer que a partir do que se tem, o custo é zero. Ou seja, não precisou se fazer um investimento específico para a produção do mesmo. Por isso ele diz “contar histórias com o que tem à sua volta.”
    Pensando ao pé da letra, não se faz absolutamente NADA com custo zero.