No primeiro vídeo o conhecido fotografo Vincent Laforet nos mostra o básico do time lapse. O vídeo e oferecido pela Canon Digital Learning Center, que no ano passado nos mostrou 5 dicas da Stillmotion.
Vincent Laforet nos fala sobre o que precisamos para fazer time lapse como o caso do intervalômetro “Timer Remote Controller TC-80N3” da Canon que custa US$129.00 (conseguimos outros que trabalham muito bem por (US $8.50), ou, para mim a melhor opção, usando o magic lantern), os tripés Manfrotto 057 e 055CXPRO3, a ball head Manfrotto 055 Q5, slider e cabeça motorizada da Kessler.
Vincent relembra que temos de ter movimento na imagem para obtermos essa sensação de passagem do tempo, normalmente se usa nuvens, pessoas caminhando, prédios ao fim da tarde que conforme escurece vão acendendo e apagando as luzes e sombras mostrando o movimento do sol. Também nos fala de como calcular (penso que todos sabem) quantas fotos são precisas para fazer o tempo que queremos no vídeo, por ex queremos 10 segundos de time lapse num vídeo editado a 24 fps, então 24fps (24 fotos por segundo) X 10 segundos dão 240 fotos/frames. Esta dica serve para marcar no intervalômetro em quantas fotos ele vai parar, assim não fica com imagens a mais. É importante saber quantas fotos porque as câmeras têm um limite de vida baseado no numero de fotos tiradas, por exemplo na 6D e 60D é de 100 mil fotos.
O ponto que acho interessante neste vídeo é a informação de toda a configuração em rodapé: Camera usada, intervalo entre fotos, Shutter speed, Abertura, ISO e lente usada.
Ha vários aplicativos para celulares que nos ajudam como Timelapse Toolkit ou DSLR Timelapse.

O segundo vídeo é um tutorial da Photoplus mostrando como retirar da imagem alguma coisa que atrapalhe a compreensão do movimento, no caso um pássaro que aparece em um ou 2 imagens.