O diretor inglês Chris Stone que ja trabalhou na BBC, fez vários videoclips em Los Angeles, ganhou premios com documentários feitos em New York e outros em Hollywood, alem de vários videoclips que passaram na MTV.
Quando Chris Stone foi procurado pelos “The Amateurs” para dirigir o videoclip da musica “the rabel” ele ouvindo a musica percebeu que ela lhe suava como um filme de James Bond e foi isso que decidiram fazer.
Depois de dois meses de planejamento, storyboard, escolha de elenco e procura de locações por toda a Inglaterra as filmagens iniciaram.
Os dois primeiros dias foram dedicados à banda. Foi um trabalho complicado de fazer por causa de todas as maquinas em volta e aqui Chris Stone diz que foi a grande vantagem de usar as HDSLRs, por serem compactas tornaram possível fazer as filmagens rodeados de faiscas, uma vez quase que incendiaram as calças do guitarrista!
Seguidamente foram para a praia em Lllandudno, a cena do final do video parece o Caribe, mas foi no norte de Wales, possivelmente gravaram no dia mais frio do ano.
Um parte grande de um hotel foi transformada no casino Monte Carlo para as cenas de jogo e lutas. Todas as mesas e figurantes foram conseguidos no Facebook. A cena foi coreografada por Mark Johston, que trabalhou em grandes filmes como “o Rei Arthur” coreografou a cena de luta na parte da manhã e demorou três horas para faze-la … ela só dura 16 segundos no videoclip.
Foram usados dois locais para a base do vilão, aqueles que o espião destrói, uma a cervejaria do tio do realizador e um bunker nuclear secreto, que tiveram permissão para filmar.
O dia seguinte foi usado para os créditos finais, aquele imitando o “Goldfinger”. O trabalho de maquiagem ficou a cargo de Kaz Preston, que maquiou de prata a modelo Michelle Chalmers. Seguidamente projetaram nela as cenas que tinham filmado na semana anterior.
O ultimo dia foi dedicado ao Aston Martin DB9, que foi gentilmente cedido por um proprietário privado. Tiveram autorização para fixar a câmera em varias partes do carro (porque é leve) para obter todos os ângulos necessários.
Material usado :

Câmera: Canon t2i
Lentes:
* Tamron 17-50mm 2.8
* lentes antigas, entre elas uma Helios 44-2
Tripé
Slider ( igual ao HDSLR)
Mini grua
fixador para o carro da Hague.
Luz: tochas e luzes diversas de amigos.

Com isto tudo os gastos ficaram em menos de USD $1000
Diretor: http://www.chrisstonefilms.com/index.html


8 COMENTÁRIOS

  1. essa Camera é o orgulho do papai!! =))
    Ei Helder me da umas dicas ai to querendo comprar umas iluminações para filmar, clipes e curtas, o que você me indica?
    vi que ele usou tocha, mas como é tocha dei uma pesquisada e só encontrei aquelas de estudio fotografico que é um flash…
    me da uma dica de iluminação para baixo orçamento =)