No passado dia 09 de Setembro, a Apple e a Adobe chegaram a um acordo preliminar para resolver a contenda entre ambas sobre a utilização do Flash, tecnologia muito popular para animações, anúncios publicitários, entre outros elementos de uma páginas web, capazes de correr dos marcos do mercado atual, iPhone e iPad.

Especificamente, a Apple levantou a proibição aos programadores de usarem o Adobe Flash para desenvolver as aplicações para iPhone.

Com este acordo, a Adobe animou os investidores (as ações da empresa saltaram 12% no dia), e os utilizadores dos dispositivos móveis, rejubilaram de alívio.

Mas neste mercado, tudo é complexo ao ponto de haver contra propostas que alteram as regras do jogos… num ápice!

Assim e porque falamos no sector das tecnologias, o mercado é confrontado com uma proposta da Microsoft à Adobe. Segundo o New York Times a Microsoft fez uma proposta de compra à Adobe.

Steven A. Ballmer, chefe-executivo da Microsoft, apresentou-se recentemente com uma pequena comitiva de executivos nos escritórios da Adobe para realizar uma reunião secreta com o chefe executivo da Adobe, Shantanu Narayen.

A reunião, que durou mais de uma hora, abrangeu vários temas, mas um dos temas principais da reunião foi a Apple e o seu controlo do mercado dos smartphones e como as duas empresas poderiam juntar-se numa “batalha” contra a Apple. Para isso estava em cima da mesa a aquisição da Adobe pela Microsoft… foi a mais forte opção apresentada.

Neste momento a Microsoft está tentar impulsionar o Silverlight como alternativa ao Adobe Flash, bem como ao padrão aberto HTML5.

Fica assim confuso o mercado. Tanto os programadores, como os editores e os utilizadores terão de aguardar. Será que a Microsoft consegue comprar a Adobe? Será que apenas irão combinar esforços contra a Apple ou a Adobe mantém o recente e suposto pacto de paz Apple? Haverá uma grande batalha no mercado dos smartphones e tablets, tendo gigantes em cada lado da barricada ou teremos a Apple a crescer, agora com a Adobe como parceira, aumentando a sua margem de mercado?

Complicado? Sim, podemos aumentar este cenário enublado? Claro que sim!

Agora com o lançamento do Windows Phone 7 que tecnologias irá este novo sistema operativo, para dispositivos de comunicação móvel, suportar? Será este um combate entre titãs ou à partida o iPhone já derrotou o novo SO da Microsoft, tendo em conta esta aliança com a Adobe?

Holly Campbell, diretora senior de comunicação corporativa da Adobe, não negou o encontro, quando foi indagado. “A Adobe e a Microsoft partilham milhões de clientes em todo o mundo e os CEOs das duas empresas encontram-se ao longo do tempo”, disse Campbell. “Entretanto, nós não comentamos publicamente sobre o calendário ou assuntos das nossas reuniões privadas”.

A Microsoft disse que “não comentamos boatos / especulações.”

Está animado o mercado dos smartphones e tablets. Haverão nos próximos dias grandes desenvolvimentos sobre este assunto, á medida que o mundo vai recebendo o novo sistemas operativo da Microsoft e a Apple aproxima a data do lançamento da nova versão do iOS 4.

Fonte: peopleware

1 COMENTÁRIO