Câmeras: Canon 5D, 60D e T2i,
Lentes Canon: 70-200, 100 macro, 50 mm 1.4 e 16-35 2.8

Uma experiência minimalista. O momento mais autêntico entre o artista e a música.

No centro de São Paulo, próximo à efervescente cena musical da Rua Augusta, o fotógrafo Rafael Kent clicou centenas de artistas em seu Studio.
Mas por que não registrar também aquilo que move a engrenagem do cenário musical? Por que não retratar a própria música?
Assim surgiu o Studio 62.
Um projeto que convida artistas para uma experiência minimalista longe dos palcos. É numa atmosfera intimista em que apenas os equipamentos do Studio os cercam que vem o convite para fazer música e deixar que ela se mostre direta e cruamente ao público.
Na contra-corrente das grandes produções, o Studio 62 quer buscar esse estado mais fundamental da música e do artista, o momento mais autêntico da relação entre ambos e a forma que se apresenta ao público.

Página http://www.facebook.com/projetostudio62

1 COMENTÁRIO