[ubm_premium banners=2 count=1]
O grupo da Magic Lantern volta a surpreender com o anúncio há algumas semanas da possibilidade, assim como a Pocket da Black Magic, gravar vídeo em RAW em cartão de memória.
Inicialmente as imagens em RAW eram gravadas a 10 frames por segundo, posteriormente conseguiram gravar a 24 fps mas apenas alguns segundos. Hoje já é possível gravar vários minutos(não sei ao certo quantos) em Full HD na 5D mark III.
Para conseguir gravar vídeo em RAW tem de ter um cartão bastante a mais de 83MB/s a 24fps. Os cartões que existem no mercado para estas taxas são os de 1000x.

O que ganhamos:
– Gravação a 14-bit contra os 8-bit atuais
– 12 stops contra os 9 atuais
– Nitidez de imagem, sem duvida esse tem sido o grande problema das Canons DSLR , sobretudo nas últimas 5D e 6D

O que perdemos:
– Não poderemos ver os vídeos gravados na camera
– Não é original da Canon
– Risco de a camera parar de gravar no momento mais importante do vídeo e muitas vezes não tem como voltar a gravar
– Preço dos cartões CF a 1000x. Um cartão CF de 128 GB mais em conta nos estados unidos fica por US $350, o Lexar 128Gb fica por US $650. Enquanto um HD SSD para a black magic de com o dobro da capacidade (256Gb) fica por US $170. É certo que os preços dos cartões vai baixar mas também é certo que outras câmeras vão aparecer.

Comparativos:
Comparativo entre 5D mark III 14-bit RAW, gravação All-I e Panasonic GH3:

Comparativo entre 5D mark III 14-bit RAW e All-I:

Experiências que RAW em que não gostei da imagem fica uma aura em volta do cachorro:

Camera: Canon 5D com catão Lexar 1000x
Download das imagens DNG para fazer teste AQUI

3 COMENTÁRIOS