Itabira/MG – Dois fotógrafos que foram vitimas do estelionatário, Alex Souza dos Santos, 31, preso na ultima sexta-feira, estiveram na delegacia para prestar depoimento sobre o ocorrido.

Itabira/MG – Na noite e madrugada de ontem (13) compareceram na delegacia de Policia Civil, os fotógrafos profissionais, Magno Aguiar da cidade de Cataguases, e Maycon Martins de Souza da cidade de Viçosa. Ambos foram vitimas de furto dos seus equipamentos fotográficos com valores superiores a 12mil reais de prejuízo cada.

As vitima foram recebidas pelo delegado, Thiago de Oliveira Souza Pacheco, e o escrivão Thiago de Oliveira Almeida; ambos ouviram as duas vítimas em cartório para o procedimento de praxe do inquérito instaurado decorrente ao crime cometido pelo estelionatário.

Em seguida o delegado providenciou a devolução dos bens furtados aos seus respectivos donos. No caso de Magno Aguiar, foi recuperado e restituído os seguintes objetos: um pedestal tripé da marca velbon (com a descrição PH-368 na lateral); uma câmera Sony AVCHD MPEG2 SD; uma pequena caixa plástica contendo quatro pilhas; duas baterias marca Sony (uma NP-FV50 e outra NPFV70); um compartimento de plástico; um chaveiro contendo quatro chaves; e uma maleta (case).

Já o Maycon Martins foi o que deu mais sorte. Por algum motivo o estelionatário não conseguiu fazer a venda de todos os equipamentos, assim sendo foram recuperados os seguintes materiais: um aparelho Iphone com visor quebrado; uma bolsa preta impact que contém dois materiais aparentando ser Nylon; uma lente fotográfica CANON FS18-135mm; duas embalagens de pano marca NIKON, preta; uma lente marca CANON EX Sigma, com numeração 1010435 na lateral; uma lente fotográfica marca Canon de menor porte, com numeração 301018 na lateral; uma bateria canon LC-E6; dois carregadores com oito pilhas recarregáveis; quatro cartões de memória Kingston 16GB, e 4GB; um cartão de memória, SDHC Dane; um colete de imprensa, uma câmera fotográfica marca CANON EOS-7D N*2671202947 e para finalizar o equipamento mais caro de todos, sendo avaliado em oito mil dólares, uma lente na cor bege, numeração 114355.

Em conversa com a reportagem Maycon Martins disse que deu foi muita sorte de ainda recuperar estes materiais. “Os outros colegas não tiveram a mesma sorte, teve vitima que levou foi 20mil. Somente esta câmera minha que comprei em novembro do ano passado custou 5mil reais, esta lente bege custou 8mil dólares. Ainda bem que a policia daqui foi eficiente e prendeu este calhorda, assim para de dar prejuízo às pessoas”, disse Maycon. Ele contou ainda que no dia em que foi furtado o Alex teria mostrado uma arma de fogo a ele, que ficava debaixo do banco do motorista, dizendo ainda que o estelionatário se apresentava como sendo delegado de policia, que no restaurante onde pararam para almoçar – e aconteceu o golpe – ele era bem intimo da proprietária e funcionários, que o chamavam de Doutor Danilo (delegado).

A vítima finalizou dizendo que espera que ele fique agora um bom tempo na prisão, e assim não dará mais prejuízo a ninguém.

A reportagem descobriu que Alex tentou vender a digital de Maycon (de 5mil por 1mil reais) aqui em Itabira em um estúdio fotográfico, porém não obtendo êxito. Já a digital de Magno avaliada em 5mil reais foi localizada e apreendida pela Policia Civil de Viçosa, e será restituída ao mesmo. Magno foi vitima um dia antes de Maycon.

Fonte: http://www.alemos.com.br/pg.php?cat=policia&&id=6872

6 COMENTÁRIOS

  1. Que bom que recuperaram os equipamentos. O que me revolta é o fato de que há quem compre equipamento furtado. Quem é honesto desconfia que uma câmera no valor de R$ 5.000,00 esteja sendo vendida por R$ 1.000,00.

  2. Que bom que recuperaram os equipamentos. O que me revolta é o fato de que há quem compre equipamento furtado. Quem é honesto desconfia que uma câmera no valor de R$ 5.000,00 esteja sendo vendida por R$ 1.000,00.