[ubm_premium banners=2 count=1]
carax-portrait
O diretor francês Leos Carax, do filme “Holy Motors”, foi premiado com o troféu de melhor filme em língua estrangeira pela Associação de Críticos de Cinema de Los Angeles. Mesmo não tendo participado na cerimônia enviou um discurso para ser lido:

“Olá, sou Leos Carax, diretor de filmes de língua estrangeira. Tenho feito filmes de língua estrangeira por toda a minha vida. Filmes de língua estrangeira são feitos por todo o mundo, é claro, menos na América. Na América, eles fazem apenas filmes de língua não-estrangeira. Filmes de língua estrangeira são muito difíceis de se fazer, óbvio, pois você precisa inventar uma língua estrangeira em vez de usar a linguagem usual. Mas, na verdade, o cinema é uma língua estrangeira, uma língua criada por aqueles que precisam viajar para outros lados da vida. Boa noite.”

1 COMENTÁRIO