A Apple vai tornar seus computadores da linha Mac mais parecidos com o iPad e o iPhone. A empresa liberou ontem (16), para desenvolvedores, uma versão preliminar do novo sistema OS X 10.8, que deve ser lançado comercialmente no próximo Inverno (brasileiro).
Seguindo a tradição de usar nomes de grandes felinos para identificar o Mac OS X, a empresa apelidou o software de Mountain Lion – o animal que, no Brasil, é conhecido como onça parda.
empresa diz que o novo sistema traz uma centena de novidades para o Mac. Entre elas, estão várias características trazidas do iOS 5, o sistema operacional do iPhone e do iPad. Uma das principais é a melhor integração com o iCloud, o serviço de armazenamento na nuvem da Apple que, segundo a empresa, já tem mais de 100 milhões de usuários. Vários dos aplicativos incluídos no Mac ganham a possibilidade de sincronizar dados e documentos com seus equivalentes no iPad ou iPhone, via iCloud.


Game Center
O Mac vai ganhar um centro de notificações similar ao que existe no iPad. Ele vai concentrar os avisos emitidos pelos aplicativos e pelo sistema. O usuário poderá abri-lo pelo menu superior do OS X ou deslizando dois dedos no touch pad do laptop. O Mac também terá sua própria versão do Game Center, a central de diversão do iPhone e do iPad.

Como no caso dos dispositivos móveis, essa central vai reunir games instalados no Mac e permitir jogos online contra outros usuários. Junto com ela, a Apple está oferecendo novas ferramentas aos desenvolvedores de jogos para que possam integrar seus programas ao Game Center. A lista de recursos herdados do iOS prossegue com os aplicativos Lembretes e Notas, que também estão ganhando versões para o Mac. E o iChat será substituído pelo Mensagens, outro programa do iOS.

O Safari e outros aplicativos do Mac terão um botão para compartilhar itens em redes sociais como o Twitter. É algo similar à integração que existe entre o iOS e o Twitter. Outro recurso que vai do iOS para o OS X é o chamado AirPlay Mirroring. Ele transmite a imagem da tela do dispositivo para um receptor Apple TV por meio da rede sem fio Wi-Fi. Assim, a imagem da tela passa a ser vista no televisor.

O OS X também vai receber alguns acréscimos que não têm relação com o iOS. Um deles é o Gatekeeper, um novo software de segurança contra vírus e outros programas nocivos. O que ele faz é restringir a instalação de programas que não têm a chancela oficial da Apple. Na configuração padrão, ele libera apenas aplicativos baixados da Mac App Store e de desenvolvedores aprovados pela Apple.

A nova edição do OS X deve ser lançada comercialmente cerca de um ano após a chegada da atual, OS X Lion. Isso sugere que a Apple pode passar a liberar uma nova versão do sistema do Mac todos os anos. Essa é a frequência em que a empresa tem atualizado o iOS. Já o OS X era, até agora, renovado a cada dois anos, em média.

Microsoft

O movimento da Apple com o OS X Mountain Lion é similar ao da Microsoft, que buscou inspiração no seu sistema operacional para smartphones ao desenvolver o Windows 8. O novo Windows deve chegar às lojas em algum momento no segundo semestre, e vai rodar tanto em PCs como em tablets.

A Apple faz questão de dizer que está ganhando terreno em relação à concorrente: “O Mac está crescendo mais rapidamente que o PC por 23 trimestres consecutivos”, diz Philip Schiller, vice-presidente mundial de marketing da Apple, no comunicado distribuído pela empresa à imprensa.
Fonte: http://info.abril.com.br
pple Mac OS X Mountain Lion – Tour

30 novidades do OS X Mountain Lion em 120 segundos: