O filme “Musgo”, do peruano Gami Orbegoso, que há mais de 20 anos que vive em Barcelona, foi o primeiro (penso) longa metragem totalmente captado com a câmera Panasonic GH2.
“Musgo” é um thriller psicológico em que entreveem quatro personagens onde as relações são levadas até ás ultimas consequências.
O diretor quis fazer um filme de sensações e sentimentos encontrados.
Gami Orbegoso fez um filme intimista, cheio de primeiros planos, cortes secos e com um destaque nos sons, tanto os que acompanham os personagens como da banda sonora.
A escolha da Panasonic se deveu principalmente ao tamanho e peso da câmera.
O filme foi rodado em 7dias.
Na equipe tinha a esposa, filha, um amigo e mais os quatro atores. As despesas dos filme foram divididas entre todos os participantes.
Para realizar este filme eles gastaram 3500 Euros.

Na foto se vê uma corda amarrada a atriz para manter o foco

Câmera: Panasonic GH2 preset smooth (em -2) ISO no maximo a 800
Lentes:
– Nikon 50mm 1.4
– Nikon 28mm 2.8
– Tokina 11-16mm 2.8
Captação de audio: Zoom H4n
Acessórios: steadycam e slider
Luz: Dois leds Z96
Edição: Premiere CS5, twixtor e coloração no Colorista 2 (Cerca de três meses para fazer o trabalho de cor)

Making of:

COMPARTILHAR
Premiado Diretor de Fotografia e filmmaker que vive em Bauru, São Paulo Estudou cinema na New York Film Academy; AIC Academia Internacional de Cinema de São Paulo. Fez Direção de Fotografia de diversos Longas Metragens e Documentários que foram exibidos na TV e participaram em festivais nacionais como Festival de Brasilia, Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, Festival de Gramado, É tudo Verdade e festivais internacionais como: Festival Internacional Fronteiras, Festival de Cinema Los Angeles, Festival Internacional Del Nuevo Cine Latino-Americano Havana/Cuba, Cineteca Nacional do México, Festival FILMAR (Genebra/ Suíça ), Festin em Lisboa/Portugal. Destaque para o filme "Fome" que entrou em cartaz em 2016 em 10 cidades em 7 estados.