O canal americano Showtime Sports preparou o que foi possivelmente a luta mais assistida na historia. Segundo os números apresentados a luta entre Mayweather e McGregor teve mais de 100 milhões de espectadores e atingiu números absurdos no que diz respeito ao streaming ilegal. Segundo a companhia de segurança digital Irdeto, estima-se que 2,9 milhões de espectadores tenham acompanhado a luta através de uma das 239 transmissões ilegais no último sábado (27).

Quanto a parte técnica, que nos interessa mais, na luta transmitida pela Showtime, tivemos 24 câmeras, incluindo uma SkyCam suspensa por cabo dentro da arena T-Mobile e um par de câmeras Sony HDC-4800 4K ultra-slo-motion, uma abordo de um helicóptero para imagens aéreas de Las Vegas e a outra cobrindo a luta dentro do ring para fazer a câmera lenta.

Segundo informou a Showtime o uso de 24 câmeras foi necessário não só para transmitir a luta mas também para cobrir toda a área VIP onde se encontravam dezenas de celebridades. Eles também cobriram a chegada dos lutadores bem como corredores, bastidores e vestiários.

A luta foi coberta principalmente por três Sony HDC-4300 (operando em modo HD em até 480 fps), duas HDC-4800 4K ultra-slo-mos (com capacidade de até 480 fps em 4K) e o sistema Inertia Unlimited Phantom ultra-slo-mo operando a 1.000 fps.
“Hoje, tudo gira em volta das câmeras de alta velocidade e que leva o espetador para dentro do ring” diz Hall.
“Estamos realmente aumentando isso com câmeras adicionais, maximizando o fator de alta velocidade”.

Além das câmeras anteriores usaram para a luta duas câmeras Sony RF HDC-2500 e duas câmeras POVs em ambos os cantos que serviram como câmeras de treinamento.

As câmeras Sony HDC-4800 4K ultra-slo-motion, foram posicionadas uma do lado da cobertura principal e a outra do lado oposto e foram as câmeras chave da cobertura da Showtime. Elas foram usadas com o recurso de recorte e o zoom completo no quadro 4K permitiu fazer uma imagem aberta em 4k e recortar para closeup com qualidade HD para a reprodução, permitindo assim mostrar closeups de socos, potenciais golpes e as caras dos lutadores

COMPARTILHAR
Premiado Diretor de Fotografia e filmmaker que vive em Bauru, São Paulo Estudou cinema na New York Film Academy; AIC Academia Internacional de Cinema de São Paulo. Fez Direção de Fotografia de diversos Longas Metragens e Documentários que foram exibidos na TV e participaram em festivais nacionais como Festival de Brasilia, Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, Festival de Gramado, É tudo Verdade e festivais internacionais como: Festival Internacional Fronteiras, Festival de Cinema Los Angeles, Festival Internacional Del Nuevo Cine Latino-Americano Havana/Cuba, Cineteca Nacional do México, Festival FILMAR (Genebra/ Suíça ), Festin em Lisboa/Portugal. Destaque para o filme "Fome" que entrou em cartaz em 2016 em 10 cidades em 7 estados.