A DJI acabou de apresentar o Mavic Pro Platinum e uma versão em cor preta do Phantom 4 Pro Obsidian de cor cinza

o primeiro a ser apresentado foi o Phantom 4 Pro Obsidian que é apenas uma alteração de cor cinzento fosco coberto com um revestimento galvanizado de magnésio, quanto a mim muito mais bonito que o branco

Quanto ao Mavic Pro Platinum alem da cor mais clara, platina, ele tem diversas melhorias.
É mais silencioso, seu nível de decibéis era 60% menor que o Mavic Pro

(Mavic Pro Platinum)

(Mavic Pro)

A eficiência operacional global do Mavic Pro Platinum também foi aumentada. Nos testes de voo com o Mavic Pro e o Mavic Pro Platinum no mesmo cenário. Descobriu-se que o Mavic Pro Platinum poderia voar até 30 minutos (a uma velocidade constante de 25 km / h sem ventos) graças ao seu sistema de propulsão melhorado, que é 3 minutos a mais do que o tempo máximo de voo do Mavic Pro. O uso da tecnologia de transmissão de imagens OcuSync HD permite que o Mavic Pro Platinum ofereça uma distância de transmissão máxima de 7 km (compatível com FCC, sem interferência) e uma prévia de 1080p em tempo real, tornando o seu voo ainda mais divertido.

Os ESCs recém-projetados aplicam a tecnologia FOC (Field Oriented Control) com uma unidade de onda senoidal. Com a nova tecnologia FOC e as hélices de redução de ruído 8331 dedicadas, o nível de decibéis do Mavic Pro Platinum diminui.

Preços:
Phantom 4 Pro Obsidian $1499 USD
Phantom 4 Pro+ Obsidian $1799 USD
Mavic Pro Platinum $1099 USD
Mavic Pro Platinum Fly More Combo $1399 USD

COMPARTILHAR
Premiado Diretor de Fotografia e filmmaker que vive em Bauru, São Paulo Estudou cinema na New York Film Academy; AIC Academia Internacional de Cinema de São Paulo. Fez Direção de Fotografia de diversos Longas Metragens e Documentários que foram exibidos na TV e participaram em festivais nacionais como Festival de Brasilia, Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, Festival de Gramado, É tudo Verdade e festivais internacionais como: Festival Internacional Fronteiras, Festival de Cinema Los Angeles, Festival Internacional Del Nuevo Cine Latino-Americano Havana/Cuba, Cineteca Nacional do México, Festival FILMAR (Genebra/ Suíça ), Festin em Lisboa/Portugal. Destaque para o filme "Fome" que entrou em cartaz em 2016 em 10 cidades em 7 estados.