Em Abril de 2010, a Philips lançou um apelo importante para cineastas de todo o mundo, oferecendo-lhes a oportunidade de participar de uma campanha de marketing sem precedentes. Uma competição internacional de curtas-metragens. As restrições foram as mesmas para todos: Enviar um filme original de menos de 3 minutos, com apenas seis linhas de diálogo imposto. Para garantir o envolvimento e a participação do público, a Philips teve a boa idéia de envolver o diretor Ridley Scott ( Alien, Gladiador, Hannibal e Robin Hood.) que ficou por trás de toda a operação.

O que motivou o jovem diretor francês Savoyard Sevestre Mael,a fazer este curta, foi o desafio e a visibilidade da competição.

Mael em poucos meses conseguiu, praticamente sem orçamento, juntar à sua volta uma equipe de profissionais – atores, diretor de fotografia, editor, maquiador, etc – que normalmente trabalham para filmes e/ou televisões em França. Na verdade, todos foram seduzidos pelo projeto e concordaram em entrar e dar uma mão de voluntariado por quatro dias. Um caminhão de equipamentos de filmagem profissional foi fornecido por uma empresa de Bordéus. A cidade de Annecy concordou em alterar a iluminação das ruas na parte da cidade velha por uma noite e a família Roussy de Sales graciosamente emprestou o castelo de Thorens-Glieres.

Making of:

[ratings]