Esse foi o último trabalho da Gatacine em conjunto com a Gatacinescola.

Sinopse: Um grupo de jovens vem sendo atormentado por um espírito que ainda não tomou consciência de sua morte. Para acabar com esse tormento, resolvem se reunir à meia noite na casa abandonada onde o garoto morreu e, através da brincadeira do copo, contar a ele a triste notícia.

Participou dos seguintes festivais:
– 14º Florianópolis Audiovisual Mercosul (FAM);
– 20º Cine Ceará em 2010;
– 1º Festival do Sesi 2010;
– Curta-SE 2010;
– XXV Festival de Cinema Latino Americano Trieste (2010).

Ganhou os seguintes prêmios:
– 20º Cine Ceará em 2010: Melhor Som;
– 1º Festival do Sesi 2010: Melhor Roteiro, Melhor Diretor, Melhor Edição e Menção Honrosa.

As luzes usadas pelo Rodrigo Tavares foram um fresnel de 2k e um de 1k fora de cada uma das duas janela para fazer a luz do poste, e servir de contra luz para a Lorena e para o Miggiorin.
Usou um dedolight de 150w rebatido no teto para me dar uma luz de preenchimento para ter informação suficiente na hora da Pós. e outros dois dedolights de 150w para fazer o reforço da luz pricipal que foi feita com velas. Juntamos 3 feixes com umas 20 velas cada dentro de uns potes de porcelana e com essa luz fizeram o filme. Nada substitui a chama real. e com o recurso de ir até 800 de ASA na 5D. foi fácil chegar no resultado que imaginávam para o filme. O diretor queria bastante contraste nas cenas mas o Rodrigo Tavares prefiu garantir expondo pra ter toda a informação na cena e depois na pós-produção realçou os contrastes para ficar quase na penumbra.

Câmera: Canon 5D
Lentes:
* Canon 50mm 1.4
* Nikon 50mm macro 3.5
* Canon 20-105mm 4.

Produtora: Gatacine e Gatacinescola
Diretor: Marcelo Galvão
Diretor de fotografia: Rodrigo Tavares
Gaffer: Alexandre Henrique (Alê)

7 COMENTÁRIOS