Para quem está iniciando no vídeo ou trabalha ha alguns anos e não fez formação em fotografia por certo já se perguntou diversas vezes porque encheu o ambiente de luz e mesmo assim, na edição, repara que lhe faltam cores, que as cores das pessoas não ficaram reais. Então, o problema está relacionado com o tipo de luz que usa e não com sua intensidade.
Muitas vezes pensamos que quanto mais caro melhor, mas como podemos verificar aqui neste que é o maior comparativo de luzes LED, temos o LED Aputure Amaran AL-M9 que custa $45 USD ter nível 97 e o ARRI SkyPanel S60-C de $5625 USD ter nivel 92.5Indice que indica a reprodução de cores usados são:
CRI Color Rendering Index, criado pela CIE – Commission Internationale de l’Eclairage (Comissão Internacional de Iluminação);
TLCI Television Light Consistent Index criado pela EBU – European Broadcast Union
TM- 30 nos dá muito mais informações: além do índice de fidelidade de cores (chamado Rf, em analogia com o CRI Ra), existe agora uma pontuação gama de cores Rg e um gráfico do vetor da cor que dão muito mais conhecimento sobre mudanças de cor.As medições de todas as luzes LED foram feitas com o Asensetek Lighting Passport SMART Spectrometer que foi sincronizado com o aplicativo Spectrum Genius Mobile .
As luzes testadas na NAB 2016 são rotuladas como “NAB”, as luzes testadas no estúdio são rotuladas como “Studio”.
Compararam alguns controles em ambos os ambientes e descobriram que a diferença é insignificante. As luzes são classificadas por media de calores em CRI (Re), CQS e TLCI, em seguida, as agruparam em valores de 0,5 .
Atenção:
-No Histogram o CRI está separado por valores de R1 a R15 para cada uma das cores, preste atenção aos valores R9 e R12, pois são as cores que os LEDs tem dificuldade em reproduzir. O R9 pode ser bem baixo, dependendo da marca do LED chegando a casos de -10% numa temperatura de cor de 4000k
 -No Espectro os LED tem quase sempre seu pico a 450 nm seguidos de uma queda a 470 nm, dependendo da qualidade do LED a queda é grande ou pequena, o ideal é quanto menor for melhor.
Os LEDs de pior qualidade tem um especteo baixo nas cores vermelhas 620 nm, assim como percas nas cores entre 450 e 500 nm
O melhor ranking possível usando este método é 100.

Resultados: