O Japão é abalado por uma crise econômica já à vários anos e recentemente foi ultrapassado pela China como segunda maior economia do mundo. Essa crise também afetou ícones culturais como as Gueixas.
O rosto em mudança das Gueixas foi uma das histórias cobertas pelo correspondente da Aljazeera , Steve Chao, numa recente viagem ao Japão.
Durante séculos, seu mundo misterioso foi reservado para a elite, homens ricos pagavam milhares de dólares pelo privilégio da companhia de uma Gueixa.
Os tempos mudaram no Japão e a Gueixa moderna teve de se adaptar para conseguir sobreviver. Com a chegada da crise financeira mundial, o número de clientes tem diminuído significativamente. Algumas Gueixas e Maikos (iniciantes) já tiveram de procurar outras fontes de renda.

O correspondente Steve Chao e o fotografo e editor Matt Allard planejaram filmar esta história com uma HDSLR. Utilizam normalmente a câmera da Sony XDCAM HD, mas ela não é boa em ambientes com pouca luz, outra desvantagem levada em conta é que são grandes e pesadas e não permitem que você consiga ficar intimo do entrevistado. As filmagens foram feitas à noite , numa esplanada no último piso e numa casa de chá. É muito difícil e, geralmente, terrivelmente caro filmar uma Gueixa, tiveram muita sorte em conseguir encontrar uma Maiko que puderam filmar, mas foi-lhes dado muito pouco tempo e acesso restrito.

Camera: Canon 7D e 5D
Lentes :
* Canon 70-200mm US IS2 f2.8,
* Canon 50mm f1.2,
* Canon 135mm f2,
* Canon 16-35mm f2.8,
* Canon 24-70mm f2.8,
* Canon 100mm Macro f2.8
* Tokina 11-16mm f2.8
Áudio: Zoom H4N
Edição: FCP
Passou na Aljazeera em Inglês no dia 19 de Agosto .