De vez em quando me perguntam qual o melhor equipamento, a resposta pode ser: O você que tem. A prova disso esta neste excelente trabalho produzido e realizado pela Carol para um concurso cultural do Catraca Livre que buscava olhares sobre São Paulo, aproveitando o aniversário de 458 anos da cidade.
“Demorei para captar todas as imagens porque o tempo não ajudou, tive de voltar várias vezes na Avenida Paulista e mesmo assim não consegui uma boa luz e céu azul. Basicamente foram uns 15 dias entre gravações e edição. Pedi para os meus amigos do Instagram enviarem fotos com a tag #essepe e essas imagens também estão no vídeo, além de terem me inspirado a olhar a cidade de forma diferente.

O vídeo #essepe é autoral, intimista e reflete o desenvolvimento de um formato que acredito ser tendência nas minhas produções. Essas câmeras permitem que o realizador imprima seu olhar num vídeo com estética cinematográfica. Trabalho com a linguagem documental e as HDSLRs foram revolucionárias nas minhas realizações audiovisuais. Tenho um público fiel no Youtube que me responde prontamente quando produzo algo desse tipo, com essa preocupação estética e narrativa. Hoje, meu canal tem cerca de 80 mil visualizações por dia e graças a portabilidade da minha T2i (tô sempre com ela na bolsa) consigo gravar coisas do meu cotidiano.
Há mais de 12 anos trabalho como videorrepórter e realizo meus vídeos sozinha, desde a produção da pauta, roteiro, catação das imagens até a edição e finalização. Em 2009, com o surgimento das HDSLRs com a função gravar vídeo, larguei de vez as fimadoras e desde então só produzo com essas câmeras. E isso mudou radicalmente meu processo, meu olhar. Há cerca de 3 anos comecei a trabalhar com um parceiro, o Duca Mendes, que entende minha linguagem autoral e me trouxe um olhar absolutamente complementar.” por Carol Thomé

Camera: Canon T2i
Lentes:
– Canon 50mm 1.8
– Canon 18-55mm 3.5 5.6

2 COMENTÁRIOS