ANAC autoriza uso de “drones” para jornalismo

spot_img

Segundo a Associação Brasileira de Multirrotores – ABM, a Agência Nacional de Aviação Civil decidiu autorizar o uso de multirrotores para fins jornalísticos.

A primeira autorização especial foi concedida há algumas semanas para a TV Globo.

Segundo Marcus Vinícius Ramos, gerente responsável pela concessão das autorizações, a atividade de jornalismo não é considerada comercial. “Seguimos o entendimento de que o jornalismo é serviço de interesse público”, explicou Ramos.

Hoje, o gerente da ANAC esclareceu à ABM que os pedidos podem ser feitos por empresas jornalísticas, por agências de notícias e também por pilotos remotos individuais que sejam jornalistas, cinegrafistas e fotógrafos.

O gerente da ANAC Marcus Ramos também esclareceu outras dúvidas dos associados. A principal era a possibilidade ou não de contratação de produtoras pelas empresas jornalísticas para a execução das operações. “A empresa jornalística poderá usar seus próprios pilotos e equipamentos e também poderá contratar terceiros para realizar o trabalho”, esclareceu Marcus Ramos. Nesses casos, a autorização deve ser solicitada à ANAC pela empresa jornalística e não pela produtora.

A autorização especial para o uso de multirrotores por empresas jornalísticas é gratuita e vai vigorar até a publicação da regulamentação definitiva.

Segundo o gerente Marcus Ramos, a publicação da regulamentação é esperada para o fim do mês de março.

Artigos recentes