A Nikon está com problemas financeiros e para os brasileiros isso não é novidade pois vimos em 2018 o encerramento das atividades aqui no Brasil. O fechamento por si só em vários países, inclusive o fechamento de fabricas de câmeras no Japão e migrando toda a produção para o Vietnã não resolveu o problema e agora devido a queda histórica de US $ 720 milhões como resultado do mercado de câmeras deflacionado causado pela queda do COVID-19, e em um esforço para se recuperar do que deve ser seu pior ano financeiro de todos os tempos, a Nikon planeja concentrar seus esforços nas câmeras mirrorless.

Numa entrevista recente o CEO da Nikon, Hirotaka Ikegami afirmou que a exibição ruim da Nikon pode estar diretamente ligada à sua lenta transição para o mercado de câmeras mirrorless. Hirotaka Ikegami disse que estava olhando para o mercado com calma e objetividade e que ficou muito preocupado com o quanto o desempenho do visor eletrônico (EVF) pode ser melhorado e o número de fotos pode ser aumentado.”
Ikegami diz que não estava convencido de que as câmeras sem espelho seriam capazes de competir com o número de fotos por bateria que as DSLRs conseguiam, dizendo que as 500 fotos que uma câmera sem espelho poderia capturar não pareciam favoráveis ??em comparação com as 1000 fotos de uma DSLR.

“Eu queria saber se isso seria aceito por profissionais e grandes amadores”, afirmou Hirotaka Ikegami

Ainda de acordo com Hirotaka Ikegami , o prejuízo operacional da Nikon para o período de abril a setembro de 2020 caiu para um déficit de 46,6 bilhões de ienes (~ $ 449 milhões de dólares), que está em forte contraste com o superávit de 17,5 bilhões de ienes (~ $ 168 milhões de dólares) que a empresa informou em o mesmo período de 2019. Para o ano fiscal encerrado em março de 2021, a Nikon deve registrar uma perda colossal de 75 bilhões de ienes (~ $ 720 milhões de dólares) em comparação com um superávit de 6,7 bilhões de ienes (~ $ 65 milhões de dólares) no ano fiscal anterior .

Se a Nikon realmente perder essa quantia até março, seria a pior perda financeira de escala que a empresa já experimentou.

Para colocar esses números em comparação, a Canon espera obter um lucro de 64 bilhões de ienes (~ $ 616 milhões de dólares) no ano fiscal que termina em março de 2021.


[embedyt] https://www.youtube.com/embed?listType=playlist&list=UU88d0lRhw4LGPukxpwsWpcA&layout=gallery[/embedyt]