Depois de 2 anos de testes, chega finalmente ao mercado o armazenamento da Intel que é 1000x mais rápido que SSD

spot_img

A Intel anunciou recentemente que finalmente a tecnologia que iniciaram os testes em 2015 chegará finalmente ao mercado.

Trata-se de uma nova tecnologia de armazenamento batizada de 3D XPoint (lê-se 3D Cross Point). A novidade promete velocidades até 1.000 vezes superiores aos atuais drives baseados em Nand Flash e podem significar um salto de eficiência para computadores de todos os tipos. A empresa espera, com isso, que todos os processos que dependem de computação se acelerem, especialmente áreas como inteligência artificial, carros autônomos e armazenamento de dados em nuvem. A nova tecnologia foi desenvolvida em parceria com a Micron e já está à venda nos principais mercados sob a marca Optane, da Intel, e QuantX, da Micron.


3D XPoint

A memória 3D XPoint é uma tecnologia de memória não volátil (ou seja, de armazenamento) anunciada em 2015 que se difere dos processos atuais por usar diferentes camadas de circuitos — formando um arranjo tridimensional, em vez de bidimensional, como acontece nas memórias NAND Flash que estamos acostumados a ver no mercado.

Espaço de armazenamento

Os roadmaps da Intel não deixam muito claro quais serão as capacidades de armazenamento de cada um dos novos SSDs disponibilizados no mercado. No documento, é possível ver apenas as indicações de 16 GB ou 32 GB. Como você pode imaginar, isso seria muito pouco para um componente desse tipo, por isso há algumas especulações.

O mais provável é que essas capacidades sejam as vistas em cada chip instalado dentro do drive. Ou seja: em um drive com 10 chips de 16 GB, teríamos um total de 160 GB de espaço. Só teremos mais detalhes sobre isso quando a Intel anunciar os produtos oficialmente.

Preço e adequação

Evidentemente, o preço da novidade é alto. O primeiro drive baseado na nova tecnologia já está à venda nos Estados Unidos por 1.520 dólares, para 375 gigabyte. Para se ter uma base de comparação, é possível comprar um drive Flash por cerca de 140 dólares para 525 gigabyte de armazenamento. Ou seja, a nova tecnologia chega ao mercado custando quase 10 vezes mais que a mais recente. Além disso, os atuais computadores não conseguirão usufruir integralmente do potencial da 3D XPoint porque as interfaces criadas para HDs ou para Flash não são capazes de dar vazão à toda a velocidade da nova tecnologia. Se você trocar o seu atual SSD por um Optane ou QuantX, o ganho de velocidade será em torno de 9 vezes. A Intel espera que os novos computadores tragam interfaces capazes de oferecer o ganho de 1.000 vezes prometido pela novidade. A Dell já estaria testando novas placas completamente compatíveis com a nova tecnologia.
Fontes:olhardigital e tecmundo

Artigos recentes