(Não, não é pegadinha) Fotógrafo admite que de 115 casamentos só entregou 20 trabalhos e só faltou a 6 festas

Hoje, ainda 31 de Março, me deparei com uma noticia que parecia de 1 de Abril.
De tão estranha pesquisei e achei varias pessoas que reclamaram do fotografo, por isso passo a publicar, não no sentido de falar mal de alguém mas no sentido de que qualquer profissão deve ser organizada e também devem medir o passo que querem dar e o valor que pedem, no caso acho que foi estes 2 erros que cometeu, muito trabalho ao mesmo tempo, este ser o seu segundo trabalho e cobrar barato, o que impossibilita terceirizar.

Hoje em dia ser “fotografo ou “cinegrafista” é a coisa mais fácil. Cameras baratas, monte de videos explicativos grátis na internet e uma paciência de santo dos que ja trabalham ha anos ajudando a qualquer hora acaba por tornar na “profissão” mais fácil do mundo. No entanto acho que a culpa é principalmente dos clientes que não querem ver o trabalho mas sim o preço, já que se correr mal tem a lei do seu lado e num trabalho que eles concordaram que valia R$500 ou R$1000 tem depois um advogado e juiz que diz que vale R$30.000, então se valia isso porque nao contrataram logo o profissional que cobra isso…

Vamos ao caso:
Uma das noticias fala de “Fotógrafo dá golpe de R$ 100 e não aparece em casamentos”
Para seduzir a clientela, Rafael usava uma reportagem que saiu no jornal Extra em que ele deu entrevista. Na época, ele dizia ganhar R$ 7 mil por mês com a promissão. A matéria falava de jovens que podem ganhar a vida entre um clique e outro. Também sorteada, Tamara Alcoforado ouviu de Rafael que ele era amigo da prima dela e que haviam estudado juntos no Colégio Pedro II.
Pode ver a noticia aqui http://extra.globo.com/emprego/capacitacao/jovem-pode-ganhar-vida-entre-um-clique-outro-5637256.html

rafaelluzfoto de do blog dividindoumsonho tambem falando do caso
“Dezenas de noivos denunciaram um sorteio de foto e filmagem de casamento realizado pelo fotógrafo Rafael Luz que informava aos casais que seriam contemplados com a gratuidade do trabalho e teriam que pagar apenas o custo do transporte. Com isso, Rafael cobrava valores entre R$ 100 e R$ 500, não aparecia na data do evento ou simplesmente não entregava o material.

As denúncias foram feitas ao portal Brasil Notícia, mas estão visíveis na página do Facebook “Não RECOMENDO FESTAS E EVENTOS” e também no site de defesa do consumir: Reclame Aqui. Entre as reclamações, Rafael Luz também é acusado por outros fotógrafos de terceirizar o serviço deles nos eventos e nunca pagar. Para cada cliente Rafael dava uma desculpa diferente por não ter comparecido. Ele contava que foi sequestrado, assaltado, a tia morreu, a noiva estava em coma ou o equipamento não funcionava.

O golpe também se estendeu para festas de aniversários. Os clientes não desconfiaram do valor abaixo de mercado porque Rafael dizia que era um prêmio e que fazia por forma de caridade ou para divulgar o trabalho já que estava início de carreira. As vítimas se organizaram agora em um grupo no whatsapp para trocar informações sobre o caso. Muitas ficaram sem nenhum registro do tão sonhado casamento.”

A justificativa apresentada pelo fotógrafo é o envolvimento no concurso público para a prefeitura de Guapimirim
“O fotógrafo Rafael Luz entrou em contrato com a reportagem do portal Brasil Notícia para explicar o volume de reclamações que tem ocorrido. Na entrevista, ele admitiu que tem pendente a edição de 95 casamentos, dos 115 que esteve, mas não compareceu somente a seis festas infantis.

Sobre os pedidos de devolução de dinheiro, Rafael diz que só não devolveu para quem não quis. Ele conta que tem sido perseguido em rede social, o que tem refletido no trabalho e resultou até na mudança de perfil do Facebook da irmã . O fotógrafo disse que acha uma atitude muito cômoda das vítimas expressarem a insatisfação dessa forma, tendo em vista que nenhuma se manifestou através da Justiça.

Ele negou que o que tenha feito um crime de estelionato e destaca que não admite perseguições e só aceita a decisão da Justiça. Apesar de não colocar o endereço no contrato, Rafael Jorge Silva da Luz disse que um Oficial de Justiça não terá problemas em localizá-lo, porque não está fugindo.

A justificativa apresentada pelo fotógrafo é o envolvimento no concurso público para a prefeitura de Guapimirim, no qual foi aprovado, e por isso esteve, ausente em alguns eventos e tem tantas edições atrasadas. Em vários momentos da entrevista, ele reforçou que “não queria se fazer de coitado”, mas os clientes deveriam entender que o percurso para seu atual emprego é de 115 quilômetros e quando chega em casa está muito cansado.

Questionado sobre o termo de contrato que dizia que poderia ocorrer ausência e bastava devolver o dinheiro, o profissional de eventos concluiu que essa avaliação também ficará por conta de um juiz.”

fonte: brasilnoticia

Artigos recentes

Video thumbnail
Painel de LED RGB bom e barato, com aplicativo IOS/Android compatível com outras marcas.
05:32
Video thumbnail
Do bom ao mau: Review da lente full frame Meike 85mm f/1.8 de R$1.000 para câmeras Sony
08:11
Video thumbnail
Dica para quem tem follow focus: O melhor uso sem ser como follow focus
04:04
Video thumbnail
De iPhone até ARRI, combine as cores de todas as câmeras com plugin CineMatch
20:43
Video thumbnail
Dream FX com filtro 2 em 1 - ND 2-32 com Black Diffusion DE 1/4 da K&F concept
07:12
Video thumbnail
Review PDMOVIE LIVE AIR 2s: Melhor preço qualidade wireless follow focus
13:46
Video thumbnail
PC de 2014 em 2022: Editando vídeos 4k e 6k RAW, sem usar PROXY e exportando em 4K e FullHD
26:38
Video thumbnail
Você vai querer ter este colete para suporte de câmeras: DigitalFoto Thanos SE
11:44
Video thumbnail
CaTeFo Star 500: Bons e baratos - Review dos lapelas duplos com gravador interno por menos de R$900
15:11
Video thumbnail
Como Sincronizar facilmente o áudio gravado a 44.1 KHz com vídeo de 48 KHz
17:44
Video thumbnail
Congresso SELECT MASTERCLASS 2022
04:35
Video thumbnail
Gráficos profissionais GRÁTIS para LIVE de Esportes, Igrejas, Noticias, etc em OBS, vMix, YOLOBOX
17:22
Video thumbnail
Flare cinematográfico por R$89 + Baterias baratas para câmeras Sony + Adaptadores de filtro de lente
09:10
Video thumbnail
Câmeras para Lives AIDA - Câmeras até 4K PTZ, POV, NDI
02:10
Video thumbnail
Tudo sobre a Canon R5c
03:38
Video thumbnail
NABShow 2022: Yolobox, o melhor sistema tudo em 1 para lives a presenta Max Pro e Mini
02:39
Video thumbnail
NabShow 2022: Apresentação de novos produtos da Blackmagic Design
04:17
Video thumbnail
O que deve ter em atenção antes de comprar qualquer LED + review Aputure Amaran P60c
13:37
Video thumbnail
Pocket Review: Slider motorizado com controle para câmeras e celulares por R$191
05:10
Video thumbnail
Melhor corte automático de musicas em programas de edição
09:56

19 COMMENTS

  1. É por isso eu não abaixo o valor. Cliente que acha que está fazendo um ótimo negócio. Teve um casamento que cotei por um valor de mercado e o cliente decidiu comprar aquelas promoções de compra coletiva. Faltando 5 horas pro casamento eles entraram em contato comigo dizendo que o fotógrafo está desaparecido. Por causa da urgência, tive que incluir no valor despesas de transporte adicional e aluguel de equipamento. No fim, os noivos perceberam que não valia a pena pechinchar para certos serviços. O serviço saiu pelo triplo que cobrei inicialmente, para contratar profissionais e alugar equipamentos.

  2. Materia porca. "Hoje em dia ser “fotografo ou “cinegrafista” é a coisa mais fácil."
    " acaba por tornar na “profissão” mais fácil do mundo" Por que profissão com aspas? Por que mais fácil? certamente que escreveu esse lixo não entende NADA de fotografia!

  3. Essa foi a melhor parte "mas os clientes deveriam entender que o percurso para seu atual emprego é de 115 quilômetros e quando chega em casa está muito cansado" Que cara de pau! Eu tenho 3 filhos e dois empregos e nunca na minha vida deixei de ir a um evento ou atrasei a entrega de trabalhos. O cliente não tem que entender nada, ele tem que receber o que contratou. Que palhaçada.

  4. Hoje em dia qualquer pessoal com uma câmera fala que é fotografo. E com total certeza disso um bom equipamento não faz um bom fotografo, muito menos um trabalho com qualidade. Por esses seres que a "profissão" fotografo acaba sendo desvalorizada. Os clientes na hora pensa em preço, depois que tem o produto na mão que vê a qualidade.

  5. Alguns leitores são retardados. O texto praticamente não apresenta falhas no português, talvez uma errata ou outra. Mas, o mais importante: quem escreveu o texto está sendo IRÔNICO quando diz que a profissão é "fácil". Será que é tão difícil pescar uma ironia? Usem a cabeça, por favor!

  6. E o FDP ainda acho que o fato de ele estar cansado é justificativa. Bom, eu já atendi cliente que veio desesperado em busca do meu serviço porque o "profissional" que eles haviam contratado sem pagamento de entrada e sem assinatura de contrato cancelou na ultima hora o atendimento porque teria ganho uma viagem em um sorteio. Ninguém está livre de IMPREVISTOS. E mesmo alguns imprevistos precisam ser resolvidos. Mas cansaço, vontade de passear, prova em concurso não justifica o não comparecimento a um compromisso!

  7. "Alexandre Guimarâes Carvalho · Top Commenter
    Alguns leitores são retardados. O texto praticamente não apresenta falhas no português, talvez uma errata ou outra. Mas, o mais importante: quem escreveu o texto está sendo IRÔNICO quando diz que a profissão é "fácil". Será que é tão difícil pescar uma ironia? Usem a cabeça, por favor!"

    Ta ai bem explicado, caso tenha duvidas.. Vamos pedir pro cara que fez o texto mandar um belo desenho pra você.. Tem como fazer online, sabia? Hhahhhah
    Trouxa.

    Aprende a escrever, ler e fotografar, depois fala comigo.
    Abração.