Trabalho realizado pela produtora Monstro Filmes, de São Paulo para a Saraiva Conteúdo
Roger Franchini é advogado e ex-investigador da Polícia Civil de São Paulo. Em abril de 2011, lançou o livro Toupeira – A História do Assalto ao Banco Central, pela editora Planeta. A obra é sobre o roubo dos R$ 164, 8 milhões do Banco Central de Fortaleza, ocorrido em agosto de 2005. Criminosos cavaram um túnel para alcançar a fortuna guardada nos cofres, e protagonizaram o que ficou conhecido como um dos maiores assaltos do mundo.

O assunto voltou a ser comentado na mídia devido à estréia do filme Assalto ao Banco Central, com direção de Marcos Paulo, também sobre o caso. Pesquisando em documentos oficiais, Franchini escreveu este romance, contando também as repercussões do acontecido. Toupeira foi bem aceito pela crítica e conquistou o público, já estando na segunda tiragem de vendas. No vídeo, você confere a entrevista concedida pelo autor, que fala sobre os bastidores do processo de escrita do livro.

Franchini é autor de Ponto Quarenta: A Polícia Civil de São Paulo para leigos, sobre a Polícia Civil paulista. Na conversa, ele comenta seu próximo lançamento, previsto para novembro de 2011: uma obra sobre o caso de Suzane Richthofen, jovem que assassinou os pais em outubro de 2002. Tanto em Toupeira quanto em Richthofen – O Assassinato dos Pais de Suzane, o escritor procurou transformar a escrita técnica e burocrática dos autos do processo em uma linguagem interessante e acessível ao leitor.
Texto de: Luma Pereira

Imagens: Ian Leite, Raphael Bejar
Edição: Ian Leite
Finalização: Max Machado
Entrevista: Luma Pereira
Produção: Marina Fidalgo

Camera: Canon 7D
Lentes:
– Canon 100mm f/2.8L Macro
– Canon 17-55mm f/2.8
Captação de audio: Zoom H4n com Redhead Windscreens