gigantes da tecnologia como Tencent e Baidu começam a investir nos chamados “dramas verticais chineses”: filmes, séries e novelas produzidos exclusivamente no formato vertical para que o público possa assistir pelo seu smartphone.

Tencent, dona do superaplicativo WeChat, por exemplo, lançou em 2018 as séries My Boyfriend-ish Sister e My Idiot Boyfriend. Enquanto o Baidu, o “Google Chinês”, por meio da sua subsidiária iQiyi (o “Netflix chinês”), tirou do papel as séries de humor Ugh! Life! e Arg Director.

No final do ano passado, em entrevista ao Hollywood Reporter, Fu Tuo, produtor das séries do iQiyi, contou que a resposta do público foi tão positiva que a empresa já planejava lançar novos formatos, como animações e reality shows na plataforma.

Segundo o site The Next Web, alguns fatores fizeram o modelo se tornar um sucesso na China. Entre eles, episódios curtos de até cinco minutos, no máximo, com roteiros repletos de piadas e frases de efeito. Esse foi o formato encontrado para que usuários consigam assistir aos episódios até o fim, sem se deixar interromper por outras notificações do smartphone.

Outro fator relevante foi tratar o formato vertical como um gênero audiovisual. Por mais que carregue o nome de “drama vertical”, a grande maioria dos vídeos é de comédia. Com as piadas, é mais fácil manter os usuários na plataforma e as atuações expressivas dos atores fazem bom uso do formato vertical.